Cidadania Italiana 08/09/2021

Cidadania Italiana em Florianópolis

Cidadania Italiana em Florianópolis | Rotunno Cidadania

O Consulado Italiano de Curitiba – encarregado de atender os moradores de Florianópolis – é conhecido por sua alta eficiência e excelência na hora de realizar o processo da cidadania italiana em Florianópolis por casamento, descendência, além de oferecer serviços para os cidadãos italianos que vivem no Brasil.

No post de hoje saberemos um pouco mais sobre o como retirar sua cidadania italiana em Florianópolis e quais são os processos que ele realiza.

Consulados Italianos no Brasil

A Itália possui diversas representações no Brasil, como: a Embaixada em Brasília, os consulados em Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro, Santos, entre outros pelo resto do território brasileiro.

Para quem mora em Florianópolis e deseja retirar sua cidadania italiana, o Consulado Italiano de Curitiba é o responsável por realizar o procedimento.

Quem pode ser atendido no Consulado Italiano de Curitiba

O Consulado Italiano de Curitiba é o consulado responsável por atender os requerentes da cidadania italiana em todo o Estado do Paraná e de Santa Catarina, a cidade de Florianópolis sendo uma delas.

Como dar início ao processo

Antes de mais nada, par começar com o processo de retirada da cidadania italiana, é necessário o levantamento de toda a documentação necessária e a preparação desses documentos. Esse é um passo que pode ser preciso contratar uma empresa especializada na retirada da cidadania, já que a lista do Consulado escolhido pode ser um pouco extensa.

A documentação vai desde a retificação das informações discordantes, tradução dos documentos para o idioma de destino e o apostilamento exigido pelos padrões de poder administrativo da Itália.

Por onde começar?

  • Passo 1 – árvore genealógica

Ter sua árvore genealógica com todos os nomes que podem passar a cidadania desde o antepassado originário italiano até você.

  • Passo 2 – documentos necessários

Todas as certidões de nascimento, casamento e óbito (se houver) em inteiro teor de todos os descendentes que transmitirem a cidadania.

  • Passo 3 – avaliação da documentação

Depois de agrupar todos os documentos necessários, eles deverão passar por uma análise de um advogado que irá informar se devem ou não ser retificados.

  • Passo 4 – Via adequada

É importante saber qual a via de sua árvore genealógica. Paterna ou materna e, a partir daí, poderá definir como será o pedido de reconhecimento de sua cidadania – se será via presencial na Itália ou uma ação judicial no tribunal de Roma.

  • Passo 5 – retirada da cidadania

Depois de ser reconhecida, é possível se considerar um cidadão legalmente italiano.

Como retirar a cidadania italiana em Florianópolis

Florianópolis é a primeira cidade no mundo que possui a Semana da Língua Italiana. Na cidade existem milhares de descendentes de italianos que tem direito a dupla cidadania, seja por via matrimonial, de sangue ou pela naturalização.

Antes de tudo, é preciso saber por qual meio você vai retirar sua cidadania italiana. Se será por meio da naturalização feita pela via matrimonial, reconhecimento por via sanguínea, se pretende realizar o processo fazendo o uso da ‘’contra fila’’ ou judicial, administrativo ou via comune.

Vamos explicar um pouco mais desses métodos para o reconhecimento da sua cidadania italiana.

Naturalização via matrimonial

Esse tipo de naturalização é possível apenas para pessoas que são casadas no civil com cidadãos italianos ou ítalo-italianos. Os brasileiros que se naturalizarem italianos por meio do casamento não perdem sua nacionalidade original.

Quem possui direito à naturalização via matrimonial:

O requerente que comprovar que está casado com o cidadão italiano há, pelo menos, 2 anos – caso o casal resida na Itália – ou 3 anos – se o casal morar fora do país europeu. Se o casal tiver filhos, o tempo de casamento é de 1 ano para os que residentes na Itália e 1 ano e meio para os que residem fora do país.

Documentos necessários:

  • Certidão de nascimento do parceiro estrangeiro, emitida pelo país de origem, traduzida e apostilada;
  • Certidão de antecedentes criminais emitidas no país de origem do cônjuge e, em todos os países onde o requerente morou. A certidão deve estar devidamente traduzida e apostilada;
  • Certidão de casamento italiano;
  • Certificado de proficiência na língua estrangeira emitido por uma instituição que seja reconhecida pelo Ministério das Relações Exteriores da Itália;
  • Comprovante de pagamento em uma taxa de 250 euros.

Reconhecimento via sanguínea

O reconhecimento da cidadania italiana por jus sanguinis é um processo em que o requerente deve comprovar sua ligação de sangue com o imigrante europeu por meio de documentos.

A transmissão direta se dá a partir do ascendente aos filhos, netos, bisnetos – sem limite de geração e sem interrupção.

Porém, nesse processo existem duas restrições: quando o ascendente italiano faleceu ante da unificação italiana (Regno d’Italia), ou quando há uma mulher nascida antes de 1948 na linha de descendência e casada com um cidadão estrangeiro.

Documentos necessários:

  • Registro de nascimento do antepassado;
  • Certidão Negativa de Naturalização (CNN);
  • Certidão de casamento e óbito, originais;
  • Procuração judicial;
  • Protocolo ou comprovante de inscrição.

A seguir veremos os três processos possíveis de se conseguir a cidadania europeia:

Processo cidadania via judicial ou ‘’corta fila’’

A retirada da cidadania italiana via judicial é ideal para quem não possui disponibilidade para se deslocar à Itália, ela pode ser feita completamente no país de origem em que o requerente está.

A grande vantagem do processo via judicial é que o requerente pode realizar todo o processo de onde estiver, sem ter que ir até o país escolhido para retirar a dupla cidadania.

O prazo médio para a retirada da cidadania é de 12 a 18 meses, bem menos que o processo via administrativa pelo Brasil, sendo mais vantajoso para o descendente italiano que escolheu esse método. Para os requerentes que ainda não possuem todos os documentos, esse tempo irá somar no tempo para retirar a cidadania.

Documentos necessários:

  1. Registro de Nascimento em original do antepassado italiano que deu origem ao direito à cidadania;
  2. Certidão Negativa de Naturalização;
  3. Certidão de casamento;
  4. Certidão de óbito (se houver) originais;
  5. Procuração judicial;
  6. Protocolo ou comprovante de inscrição.

Processo via administrativa

A retirada da cidadania via administrativa ocorre somente na esfera administrativa/extraconjugal. Assim, é preciso apresentar os documentos diretamente ao oficial responsável.

Há duas formas de reconhecer seu direito via administrativa:

  1. Consulado ou embaixada italiana responsável pela cidade onde você reside no Brasil;
  2. Direto em uma cidade na Itália, comprovando sua residência legal no país.

Processo via Comune

O processo da cidadania italiana via Comune é realizada diretamente na Itália. Ela é utilizada para os brasileiros que desejam ir para o país europeu ter uma residência legal no país.

Ela precisa ser realizada pelo requerente, porém é recomendado a contratação de uma assessoria, para auxiliar em todo o processo – desde a documentação até o acompanhamento no Comune para a entrega dos mesmos.

A retirada via Comune é a forma mais rápida de se obter a cidadania italiana. Entretanto, é preciso seguir algumas regras para que ele seja realizado como, possuir uma residência no país e permanecer nele até a aprovação da cidadania.

O processo pode demorar alguns meses, variando de acordo com cada Comune.

Após saber quais são os processos e os meios de retirada da dupla cidadania, é preciso apenas procurar o Consulado de Curitiba para retirar sua cidadania italiana em Florianópolis.

Procurar uma empresa que facilite todo o processo para iniciar a retirada da sua cidadania italiana é essencial. Ela ficará responsável por toda a burocracia enfrentada e por todos os documentos que serão necessários para realizar a retirada do passaporte europeu.

A Rotunno Immigration Solutions & Business é uma empresa especializada em processos imigratórios. Se você deseja ter dupla cidadania ou múltipla nacionalidade, entre em contato com nossa equipe para encontrar o melhor caminho.

Leia também outras notícias

  • Quarentena ocasionada pelo coronavírus prejudica serviços governamentais na Itália e impacta diretamente os processos de cidadania | Rotunno Cidadania Cidadania Italiana

    Quarentena ocasionada pelo coronavírus prejudica serviços governamentais na Itália e impacta diretamente os processos de cidadania

    Leia mais

  • Assessoria para Cidadania Italiana no Rio de Janeiro: Conheça a filial da Rotunno | Rotunno Cidadania Cidadania Italiana

    Assessoria para Cidadania Italiana no Rio de Janeiro: Conheça a filial da Rotunno

    Leia mais

  • Governo Italiano discute reajuste na taxa consular em 2020 | Rotunno Cidadania Cidadania Italiana

    Governo Italiano discute reajuste na taxa consular em 2020

    Leia mais

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.