Novo visto de Portugal e simplificação do sistema de vistos são anunciados por Ministro

Novo visto de Portugal e simplificação do sistema de vistos são anunciados por Ministro | Rotunno Cidadania

O Ministério dos Negócios Estrangeiros de Portugal anunciou em Abril desse ano que o sistema de vistos passará por uma revisão geral com objetivo de simplificar o método já existente. Junto a isso, foi anunciado o estudo da criação do visto para procura de trabalho, um benefício a aqueles que querem ir para o exterior em busca de uma nova vida.

O ministro Eduardo Cabrita afirma que 2020 foi o ano que se registrou em Portugal “o maior número de sempre”, falando em renovações de autorizações de residência. Esse aumento veio em consequência da pandemia do COVID-19, quando as renovações de cidadãos estrangeiros aconteceram de forma automática. Foram contabilizados 132.045 renovações e outros 7.000 pedidos estão aguardando novas autorizações de residência.

Esse crescimento desde o ano passado já contabiliza cerca de 42.000 pedidos. Entre os anos de 2010 e 2016 foram concedidas 87.033 cidadanias portuguesas a brasileiros. Um número impressionante.

Muitos brasileiros sonham em morar e trabalhar em Portugal, mas não possuem ascendentes que possibilitem a obtenção da nacionalidade portuguesa. Hoje a opção é solicitar um dos vistos de residência para Portugal, que é um visto agrupado na categoria D, que é destinado a estadia por período mais longo, de mais de um ano. São chamados de vistos de longa duração.

Segundo o advogado de imigração especializado em assuntos de Portugal, Bruno Mallman, a sinalização do governo vem reforçando uma série de medidas para incentivo de atração de novos imigrantes estrangeiros no país. 

“A população de estrangeiros em Portugal é muito significativa, chegando a 7% do total de habitantes. A simplificação e facilitação dos processos de vistos ajudarão as pessoas a procurarem solo português como uma novo país para morar. Essas mudanças ajudam a frear a diminuição da população nativa, que acaba emigrando para outros países da Europa e EUA”, comenta Mallman 

Bruno, que faz parte da equipe da Rotunno Immigration Solution & Business, comenta que a procura por Portugal segue aquecida, já que mesmo com a pandemia, a economia não para e as pessoas querem novas oportunidades de trabalhos fora do país.

“Temos hoje diversos caminhos de soluções imigratórias. É recomendado que sempre tenha alguma assessoria especializada para esse direcionamento. Alguns processos até são possíveis sozinho, via consulado, no entanto ter esse acompanhamento irá facilitar e até mesmo economizar nesse processo”, recomenda. 

A Rotunno Immigration divulgou recentemente 30 novos processos protocolados em Portugal em menos de 2 meses. Gabriela Rotunno, advogada e CEO da empresa, continua otimista. 

“O susto da pandemia já passou e as pessoas começaram a retomar a procura por vistos internacionais e cidadania. Estamos acompanhando essa retomada e otimistas que as fronteiras mundiais voltem abrir em sua totalidade, acrescenta.

Hoje os vistos para morar em Portugal são:

O visto de Investidor D-2

Que é um processo que visa a obtenção de visto de residência em Portugal e permite residência e trabalho, por meio de abertura de empresa. Após 5 anos morando no país, é possível solicitar cidadania portuguesa e essa residência também é concedida para os sócios administradores e, em momento posterior, se estende aos conjugues, filhos, pais e sogros, provando vínculo parentesco.

Visto para aposentados ou quem tem renda própria

O visto D7 pode ser solicitado por aposentados que comprovem os meios de subsistência por um período não inferior a 12 meses.

Além das cidadanias: Cidadania Portuguesa Jus Sanguini, Cidadania Portuguesa para Filho Direto, Cidadania Portuguesa para Netos.

Agora em 2021 o governo passa a exigir que os requerentes abram uma conta bancária no país antes da formalização do pedido do visto.

Em caso de solicitação individual: a comprovação deverá ser de € 7.980 (R$ 54 mil convertidos na cotação atual)

Com cônjuge: serão acrescentados à conta 50% do salário mínimo (€332,5).

Em caso de dependentes: 30% (€199,5) para cada dependente menor de 18 anos.

Rotunno Immigration Solutions & Business é uma empresa especializada em assessoria para soluções imigratórias para Portugal e diversos outros países. Entre em contato com nossa equipe e tire suas dúvidas sobre vistos e cidadania.

Leggi anche altre notizie

  • Portugal incentiva imigrantes a morarem em cidades do interior | Rotunno Cidadania Cidadania Portuguesa

    Governo de Portugal incentiva imigrantes a morarem em cidades do interior

    Leggi di più

  • Retificações documentais no processo de cidadania  - o que fazer? | Rotunno Cidadania Cidadania Italiana

    Retificações documentais no processo de cidadania - o que fazer?

    Leggi di più

  • Visto de negócios para portugueses é aprovado pela Comissão Judiciária dos EUA | Rotunno Cidadania Cidadania Portuguesa

    Visto de negócios para portugueses é aprovado pela Comissão Judiciária dos EUA

    Leggi di più

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.