Portugal libera visto para nômades digitais que falam português

Portugal libera visto para nômades digitais que falam português | Rotunno Cidadania

No fim de outubro, Portugal se tornou um dos 25 países que emitem vistos para nômades digitais. Este cenário pode ser positivo para diversos brasileiros.

Por conta das eleições que ocorreram no nosso país durante o último mês, o volume de buscas em sites na internet pelos termos "Morar em Portugal" e "Como se mudar para Portugal", aumentaram de forma alavancada, de acordo com o Google Trends.

Este interesse tem chamado a atenção de profissionais que trabalham na área de imigração, e pode ter sido um dos motivos principais para o país europeu ter permitido a emissão desse novo visto.

Vale lembrar que grandes cidades do país, como Lisboa e Porto já contam com centenas de espaços voltados para o trabalho remoto, que são chamados de coworkings.

Abaixo, você confere os detalhes sobre este e um novo visto que contempla todos os Brasileiros.

Visto para buscar trabalho

As novas decisões das autoridades portuguesas também trouxeram um novo visto apenas para países que contam com o português como idioma nativo. Neste, a pessoa pode solicitar e permanecer em Portugal por até 120 dias, com a possibilidade de ficar mais 60 dias. Nestes seis meses, o solicitante deve buscar um emprego no local.

Caso o prazo expire, e o interessado não tenha conseguido trabalho, ele precisará deixar o país. Uma nova solicitação pode ser feita após um ano da expiração.

Em resumo, nos casos onde a pessoa consiga um emprego, é necessário pedir autorização para o governo local, para a regulamentação ser concretizada.

Visto para Nômades Digitais

As solicitações para conseguirem o visto relacionado a nômades digitais já pode ser realizada. O pedido pode ser feito para ficar no país europeu por até um ano, que pode ser atualizada por até cinco anos.

Contudo, Portugal exige uma regra para autorizar este tipo de visto. A pessoa que trabalha em home office e quer ir para o país, precisa comprovar que ganha ao menos quatro vezes mais que o salário mínimo local, que é de 2.820 euros. Ou seja, convertendo para reais, o valor gira em torno de R$ 15.110.

Em síntese, quem quiser levar um acompanhante, deve ficar tranquilo que é permitido. Porém, a renda comprovada aumenta em torno de 50% para pessoas que tem 18 anos ou mais. Em casos de menores, o valor comprovado precisa ser apenas 30% maior.

O que preciso para conseguir o visto?

Além de comprovar a renda, as autoridades portuguesas também pedem que o solicitante prove que nasceu ou mora no país que conte com o idioma nativo. Contrato trabalhista e declaração da companhia em que trabalha também são itens necessários para o processo.

Para pessoas que não possuam um contrato de trabalho vigente, mas que prestam serviços para uma empresa, um contrato de sociedade e prestação de serviços deve ser apresentado.

Nômades Digitais pelo mundo

Em resumo, o termo ganhou muita força durante a pandemia da Covid-19 e se refere a indivíduos que aproveitam da tecnologia para trabalhar de forma remota, não precisando de uma base fixa para trabalhar. Com isso, o interessado passa a viajar com frequência mesmo com suas pendências, realizando-as enquanto está em outro local.

Antes da pandemia, freelancers já aderiam esta prática, por conta de não possuir um horário e carga de trabalho concreto. Empreendedores também estão na lista de profissões que entram em tornar as pessoas mais propensas a aderir ao nomadismo.

Contudo, os trabalhadores remotos se tornaram os principais desta categoria nos últimos anos por conta da pandemia.

Dados

De acordo com pesquisa realizada pelo Relatório Global de Tendências Migratórias, através da empresa Fragomen, que é especializada em migração em todo o mundo, mais de 35 milhões de pessoas já aderiram a esta prática. Segundo o relatório, em 2035, já haverá mais de 1 bilhão de nômades digitais no planeta.

Com leis e agora um visto específico, Portugal está na lista com um pouco mais de 25 países que reconhecem este tipo de migração e apoiam de certa forma.

Rotunno

Se você tiver alguma dúvida sobre este tema, quiser perguntar ou gostaria de saber se tem direito ao visto para usufruir destes benefícios, não deixe de contatar a nós da Rotunno Cidadania! Temos o auxílio de uma assessoria e estamos aqui para facilitar o processo para você.

Vamos conversar?

Nossos especialistas da Rotunno podem ajudar no seu processo de cidadania, de forma rápida e segura

Leia também outras notícias

  • Portugal incentiva imigrantes a morarem em cidades do interior | Rotunno Cidadania Cidadania Portuguesa

    Portugal incentiva imigrantes a morarem em cidades do interior

    Leia mais

  • Retificações documentais no processo de cidadania  - o que fazer? | Rotunno Cidadania Cidadania Italiana

    Retificações documentais no processo de cidadania - o que fazer?

    Leia mais

  • Visto de negócios para portugueses é aprovado pela Comissão Judiciária dos EUA | Rotunno Cidadania Cidadania Portuguesa

    Visto de negócios para portugueses é aprovado pela Comissão Judiciária dos EUA

    Leia mais

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.