Quero empreender em Portugal, como começar?

empreender em Portugal | Rotunno Cidadania

Empreender em Portugal pode ser uma ótima solução para quem quer mudar os ares na vida. Ademais, além de começar um novo negócio em outro continente, você também pode receber um visto justamente por querer investir no país.

Em síntese, esta modalidade é semelhante ao visto EB-5 nos Estados Unidos, onde a pessoa investe uma certa quantidade de dinheiro no local voltada a abrir uma empresa e acaba sendo beneficiada com um visto para morar.

Visto D2 para empreender em Portugal

Como já citado, este visto é voltado para as pessoas que pretendem realizar investimentos em Portugal, contudo, se engana quem acha que a ideia é apenas o necessário para se obter este reconhecimento.

Além de ter de comprovar que conseguirá arcar com os custos deste investimento, nada é garantido ainda e você também terá de apresentar um projeto que tenha relevância, ou pelo menos seja economicamente interessante para o país.

Todo esse imbróglio para o reconhecimento e análise do seu projeto de investimento dura cerca de dois meses. Vale lembrar que antes de conseguir o visto, a pessoa ainda não tem direito de ter moradia em Portugal.

Mas qual o motivo de empreender em Portugal?

Além de conseguir o visto, Portugal é localizado no continente europeu, muito requisitado pelas pessoas e também que possui um poder econômico muito elevado. Com isso, acertar em seus empreendimentos no país, pode fazer você se dar muito bem na vida.

Ademais, existem algumas áreas mais indicadas para você empreender no país, e vamos falar um pouco mais delas.

Tecnologia

Em síntese, esta área não está em uma crescente apenas em Portugal, mas no mundo inteiro. Muitos jovens e até alguns adultos tem optado por este segmento por conta de sua flexibilidade.
Benefícios como home office e até um salário elevado são os principais pontos para que este mercado cresça cada vez mais. Contudo, o país é um local que vê isso com bons olhos e apoia muito a área.

Um grande polo tecnológico não só de Portugal, mas também muito conhecido em toda Europa é a cidade de Oeiras. Lá, muitas pessoas desenvolvem tecnologias e trabalham de forma recorrente para aprimorar certas coisas.

Outro detalhe legal é que o WebSummit, uma das maiores conferências de tecnologia do mundo acontece na cidade de Lisboa. No evento, que dura cerca de uma semana, convidados de todo o mundo apresentam tecnologias novas para o mercado.

Alimentação

Talvez um mercado que sempre pode dar certo se bem executado para quem quer empreender em Portugal seja o alimentício.

Em resumo, países europeus tem grande taxa de turismo e com isso, pessoas adoram provar a culinária local e em outras ocasiões, experimentar até outros tipos de comida. Com isso, o mercado de alimentação é algo extremamente atrativo ao primeiro olhar.

Ainda assim, existem passos que devemos analisar para tornar o negócio atrativo e isso deve ser analisado pelo próprio empreendedor.

Cultura Brasileira

Sim, lojas de artigos ou comidas brasileiras pode ser uma ideia muito boa nesse caso. Primeiramente pelo motivo de que existem diversos brasileiros em Portugal, é ótimo para eles terem uma lembrança de casa. E segundo pela nossa cultura já ser interessante em si.

Um grande exemplo nesse assunto são as lojas de açaí. O produto é algo comum no Brasil, mas começou a ser amado mundo a fora recentemente. Outras coisas que podem render se vendidas no país, são: coxinhas, pão de queijo, entre outros.

Turismo

Portugal é um país como um todo muito bom para roteiros de viagens. Com isso, o local recebe inúmeros visitantes durante todo o ano. Ou seja, investir na área pode ser um bom negócio.
Mesmo afetado pela pandemia, o setor tem voltado a sua normalidade nestes últimos meses e acabaram surgindo mais demandas em algumas cidades, o que pode ser a chance perfeita para você.

Franquias

O favorito de muitos empreendedores é abrir uma franquia. A decisão faz sentido, pois demanda menos planejamento e pode render muito bem.
Contudo, a escolha da franquia tem que ser feita de forma milimétrica para que não se tenha prejuízos futuros.

Vale a pena empreender em Portugal?

A resposta é sim, vale. Contudo, toda a parte de empreender em si não é algo exato e pode acontecer de você acabar no vermelho. Ainda assim, os prós são bem atrativos.
Por exemplo, o governo lusitano é conhecido por incentivar os investidores, além de se lucrar em Euro. Ou seja, é preciso tomar muito cuidado, mas os frutos colhidos podem ser muito bons.

Aliás, a facilidade de conseguir o visto de residência é algo a se pensar muito também.

Quero iniciar este processo

Para se tirar mais dúvidas e ter até uma assessoria para visto para morar em Portugal, é possível entrar em contato com a Rotunno. A empresa é referência no mercado de dupla cidadania e mobilidade global e pode te ajudar desse desafio.

Ademais, o escritório também é especialista em vistos referentes a Itália, Espanha e Estados Unidos. Agende uma conversa com os consultores.

Vamos conversar?

Nossos especialistas da Rotunno podem ajudar no seu processo de cidadania, de forma rápida e segura

Leia também outras notícias

  • Portugal incentiva imigrantes a morarem em cidades do interior | Rotunno Cidadania Cidadania Portuguesa

    Portugal incentiva imigrantes a morarem em cidades do interior

    Leia mais

  • Retificações documentais no processo de cidadania  - o que fazer? | Rotunno Cidadania Cidadania Italiana

    Retificações documentais no processo de cidadania - o que fazer?

    Leia mais

  • Visto de negócios para portugueses é aprovado pela Comissão Judiciária dos EUA | Rotunno Cidadania Cidadania Portuguesa

    Visto de negócios para portugueses é aprovado pela Comissão Judiciária dos EUA

    Leia mais

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.