Cidadania Europeia: Quem tem direito?

Cidadania Italiana 12/12/2023
cidadania-europeia-quem-tem-direito | Rotunno Cidadania

A busca pela Cidadania Europeia se tornou um desejo de muita gente, principalmente pelos benefícios como a livre circulação entre diversos países, o acesso a serviços públicos e a sensação de fazer parte de uma verdadeira comunidade internacional. Você também tem vontade de ter a sua?

Neste texto, vamos explorar como o processo de cidadania europeia funciona e as estratégias para conquistar a sua, destacando as possibilidades que você pode ter.

Então, venha com a gente e entenda em qual tipo de cidadania você pode se encaixar.

Sumário

 

Entenda o que é cidadania

A cidadania é o vínculo entre uma pessoa e um país, o que dá diversos direitos, mas também deveres.

No contexto da Europa, a cidadania tem uma dimensão diferente do restante do mundo, porque lá existe a União Europeia (UE), que é um bloco de países que buscam integração econômica e política.

Isso quer dizer que, se você tem cidadania de um dos países que formam a União Europeia, tem diversos direitos em todos os outros também.

 

Então, o que é a Cidadania Europeia?

A Cidadania Europeia é um status adicional, além do país principal, que complementa a cidadania nacional dos países membros da União Europeia.

Ela dá direitos como a livre circulação, residência e trabalho em qualquer país do bloco, além da possibilidade de votar e ser votado nas eleições europeias.

Isso quer dizer que, se você tiver cidadania italiana, pode morar e trabalhar na França ou na Alemanha, por exemplo. É realmente uma ótima oportunidade para quem quer ter mobilidade e buscar possibilidades de carreira e desenvolvimento pessoal.

 

Conheça os países que fazem parte da União Europeia

Atualmente, a União Europeia é composta por 27 países.

São eles: Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Países Baixos (Holanda), Polônia, Portugal, República Checa, Romênia e Suécia.

Isso quer dizer que, além do país que você tiver a sua cidadania, pode ter direitos plenos em todos os outros.

 

Quem pode ter Cidadania Europeia?

A Cidadania Europeia é um direito que os cidadãos desses países podem obter de diversas formas.

Além dos que nascem lá e recebem automaticamente, também é possível obter as cidadanias desses países por meio de descendência, de residência ou de casamento.

Se este for o seu caso, é importante saber, organizar a papelada e pedir a sua.

 

Como saber se você tem direito à Cidadania Europeia?

Uma forma de saber se você tem direito à Cidadania Europeia é fazendo uma pesquisa dos seus antepassados. Isso porque em alguns dos países da União Europeia, os descendentes têm direito de requerer a cidadania.

Esse é o caso de Portugal, da Espanha e da Itália, por exemplo, que diversos brasileiros têm entre os seus antepassados.

 

Descubra como brasileiro consegue cidadania europeia

Para os brasileiros, a busca pela cidadania europeia pode ser realizada por meio de diferentes estratégias, como já dissemos.

A legislação varia entre os países, mas muitos oferecem caminhos para aqueles que desejam estabelecer laços mais estreitos com a Europa.

Principalmente Itália, Espanha e Portugal estão entre as nacionalidades mais procuradas por brasileiros devido à descendência.

 

Conheça as diferentes maneiras de conseguir a cidadania europeia

Vamos mostrar agora as principais vias para adquirir a cidadania europeia, detalhando quem tem direito e os requisitos específicos para cada tipo.

Verifique se você tem esse direito, para que possa planejar como conquistar a sua, de acordo com as suas características.

 

Entenda quem tem direito a cidadania europeia

O direito à cidadania de algum país da União Europeia tem uma relação direta com as suas características familiares, além de pesar muito o fato de você já ter uma residência legal no país, se não for herdeiro ou casado com uma pessoa que tenha cidadania.

É por isso que, para cada caso, os documentos são diferentes, de acordo com as exigências de cada país.

 

Cidadania europeia por descendência

Uma das maneiras mais comuns de obter a cidadania europeia é por meio da descendência.

Muitos países concedem esse direito a indivíduos cujos ancestrais diretos nasceram no país em questão.

Como já dissemos, Itália, Espanha e Portugal são países mais comuns para que herdeiros que tenham nascido no Brasil possam ter direito à cidadania.

 

Qual o país europeu mais fácil de conseguir cidadania?

A facilidade para obter a cidadania por descendência pode variar. Alguns países têm procedimentos mais simplificados, tornando o processo mais acessível.

No caso dos italianos, os processos em geral são mais facilitados, porque o número de gerações não é importante, desde que se consiga comprovar a ancestralidade.

 

Como conseguir cidadania europeia pelo sobrenome?

Alguns sobrenomes específicos podem estar associados a determinadas nacionalidades. Porém, eles não dão direito automático à cidadania.

Pesquisar a história genealógica da família pode revelar pistas sobre a possibilidade de ter a cidadania europeia.

 

Conheça quais são os sobrenomes que dão direito à cidadania italiana

A Itália, por exemplo, é conhecida por conceder cidadania a descendentes de italianos, independentemente de onde vivam.

Por isso, se você tem um sobrenome italiano, pesquise para saber se você pode ter esse direito.

 

Conheça quais são os sobrenomes tem direito a cidadania espanhola

Da mesma forma, a Espanha tem critérios específicos para conceder cidadania a descendentes. Conhecer os seus sobrenomes e a história da sua família é fundamental.

 

Cidadania europeia por residência

Outra via comum é a obtenção da cidadania por residência.

Muitos países exigem que os candidatos vivam legalmente no país por um período específico antes de serem elegíveis.

Por isso, quando tiver uma oportunidade de trabalho em um país europeu, verifique as regras específicas de quanto tempo tem que ficar por lá para poder pedir a sua cidadania.

 

Cidadania europeia por casamento

O casamento com uma pessoa com cidadania europeia pode também abrir caminho para a sua conquista.

No entanto, é importante entender que cada país possui regras distintas sobre o período de residência e outros requisitos.

 

Descubra se ter filhos dá direito a ter cidadania europeia

Ter filhos nascidos em um país europeu pode, em alguns casos, facilitar a obtenção da cidadania para os pais.

No entanto, novamente, as regras variam entre os países membros da União Europeia.

 

O que é preciso para ter Cidadania Europeia?

De qualquer forma, é essencial que você tenha consciência de que nenhum processo de cidadania é simples, e isso exige muita dedicação para organizar os documentos e dar entrada, de acordo com o seu caso.

Seja no próprio país, seja no Consulado, é fundamental que você entenda quais são os riscos, e principalmente qual é o caminho mais curto.

Por isso, é fundamental contar com assessoria de uma equipe que tenha experiência e possa ajudar você na tomada das melhores decisões.

 

Veja quais são os documentos para conseguir a Cidadania Europeia

A documentação necessária para obter a cidadania varia muito, de acordo com o caso, mas geralmente inclui certidões de nascimento, casamento, comprovantes de residência e outros documentos que comprovem a elegibilidade.

Você deve entender que, em cada caso, é necessário provar cada detalhe da “história” que você está contando para obter a cidadania.

 

Entenda os custos para tirar cidadania europeia

Os custos associados à obtenção da cidadania europeia podem incluir taxas administrativas, despesas com traduções de documentos, além de eventuais custos legais.

É importante estar ciente desses valores ao iniciar o processo para que não seja necessário parar por falta de recursos.

Mas não se esqueça que o investimento vale a pena, principalmente devido a todos os benefícios que você pode ter com a nova cidadania.

 

Conte com a Rotunno para buscar esse sonho!

A Rotunno é uma empresa especializada em assessoria para obtenção de Cidadania Europeia, além de vistos para diversos países. Com uma equipe experiente e conhecimento aprofundado nas leis e regulamentos, a Rotunno auxilia os interessados a navegar por qualquer processo de forma eficiente.

Por isso, coloque a Cidadania Europeia como um objetivo, seja por laços de sangue, residência ou casamento.

E, para isso, compreender cada detalhe desse processo é fundamental para tomar decisões informadas e iniciar essa jornada de conexão com o continente europeu.

Então, para realizar o sonho da Cidadania Europeia, conte com a Rotunno!

Leia também outras notícias

  • Quarentena ocasionada pelo coronavírus prejudica serviços governamentais na Itália e impacta diretamente os processos de cidadania | Rotunno Cidadania Cidadania Italiana

    Quarentena ocasionada pelo coronavírus prejudica serviços governamentais na Itália e impacta diretamente os processos de cidadania

    Leia mais

  • Assessoria para Cidadania Italiana no Rio de Janeiro: Conheça a filial da Rotunno | Rotunno Cidadania Cidadania Italiana

    Assessoria para Cidadania Italiana no Rio de Janeiro: Conheça a filial da Rotunno

    Leia mais

  • Governo Italiano discute reajuste na taxa consular em 2020 | Rotunno Cidadania Cidadania Italiana

    Governo Italiano discute reajuste na taxa consular em 2020

    Leia mais

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.

h